Quarta, 24 de Julho de 2024
14°C 24°C
São Paulo, SP
Publicidade

EBC firma acordo para cobertura do Festival Latinidades 2024

Criado em 2008, o Festival Latinidades foi o primeiro de mulheres negras do Brasil. A programação reforça a contribuição das mulheres negras para a...

10/07/2024 às 16h35
Por: Redação Panorama Goiás Fonte: Agência Brasil
Compartilhe:
© Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil
© Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil


A Empresa Brasil de Comunicação ( EBC ) fará a cobertura da 17ª edição do Festival Latinidades, que ocorre de 25 a 27 de julho, em Brasília. A TV Brasil , a Rádio Nacional e a Agência Brasil acompanharão o evento que, este ano, tem como tema Vem ser Fã de Mulheres Negras.

O termo de cooperação foi assinado com o Instituto Afrolatinas nesta quarta-feira (10). Esse é considerado o maior festival de mulheres negras da América Latina.

O presidente da EBC , Jean Lima, destacou que o acordo reafirma o compromisso da empresa em apoiar eventos culturais, em especial o Festival Latinidades, cujo tema aborda a pauta das desigualdades sociais, de gênero e racial.

“É um orgulho sermos parceiros de um projeto que discute o acesso das mulheres negras às políticas públicas, bem como o combate à violência que sofrem cotidianamente e a necessidade de superarmos o racismo e o machismo."

Além da cobertura, a EBC irá realizar a gravação de alguns shows para futura transmissão na programação das rádios. Nesta edição, o festival celebra a força e o papel das mulheres negras na sociedade e homenageia a cantora cubana, Rita Marley; a DJ jamaicana, Sister Nancy; a cantora e compositora brasileira, Alaíde Costa; e a artista brasileira, Sandra de Sá.

A programação inclui ainda debates, exposições, palestras, shows e apresentações culturais. Confira aqui .

Sobre o festival

Criado em 2008, o Festival Latinidades foi o primeiro de mulheres negras do Brasil. A programação reforça a contribuição das mulheres negras para a sociedade em diferentes áreas, com destaque para o papel estratégico das artes e da cultura na promoção da equidade de gênero e raça.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias